A COLUNA VERTEBRAL E SUAS CURVAS ANATÔMICAS.

coluna dor transparenteA coluna vertebral, também conhecida como espinha dorsal, é a espinha de todo o corpo, e é responsável para te sustentar contra a força da gravidade.

A coluna vertebral (ou espinha dorsal, ou coluna) é o sistema complexo de osso que suporta o corpo de animais vertebrados, ou seres vivos com uma estrutura esquelética de osso e / ou cartilagem, como seres humanos e muitos outros animais. No recém-nascido a espinha constitui aproximadamente 40 % da sua altura, e continua a aumentar de tamanho até cerca dos 18 anos de idade, enquanto se mantêm as mesmas proporções e com respeito ao corpo de que os elementos que o compõem.

Muitos pensam erroneamente que, dada a posição do bebê enrolado dentro da barriga da mãe, a espinha ao nascer é cifótica, ou que está sob a forma de um C; Alguns estudos científicos têm mostrado que, no entanto já durante a gravidez são formadas curvas fisiológicas da coluna vertebral que definem a forma em S clássica da coluna. Mas pode acontecer que a criança, devido a um local incorreto dentro da barriga da mãe ou de um parto traumático, que nasceu com curvas retificadas da coluna vertebral, que se não for corrigido, de alguma forma pode afetar o seu desenvolvimento normal e o bom funcionamento do sistema nervoso.

Áreas da Coluna Vertebral

A coluna vertebral humana é formada por 33 vértebras, dividido em cinco áreas como se segue:

  • curvas da coluna vertebral7 vértebras na área cervical, correspondente à parte do pescoço, chamado vértebras cervicais;
  • 12 vértebras na área do tórax, o que corresponde à parte central da parte de trás, as chamadas vértebras torácicas ou dorsais;
  • 5 vértebras na região lombar, o equivalente a parte inferior das costas, o chamado vértebras lombares;
  • 5 vértebras na região sacral, localizado perto da pelve, chamados vértebras sacrais;
  • 4 vértebras na zona do cóccix, localizado logo abaixo do sacro, chamados vértebras cocciginas.

Observando a coluna vertebral de frente, na ausência de patologias, é linear / reta; olhando de perfil, em vez disso, podemos notar dois tipos de curvaturas, referidos como:

1) Cifose é uma curvatura fisiológica da coluna vertebral com convexidade posterior. Fala-se de curvas cifóticas no que diz respeito à área do peito e do cóccix da coluna.

2) E uma lordose fisiológica, a curvatura da coluna vertebral de convexidade anterior. Fala-se de curvas lordóticas, que são a coluna cervical e lombar.

As curvas que se formam na coluna servem para dar força e flexibilidade e também contra a força da gravidade, que é constantemente submetida à pessoa. Se a coluna for completamente linear / reta seria muito elástica e menos resistente do que a que é.

Cervical

A região cervical contém as vértebras C1 à C7, e é dividido em:

coluna cervical1) Coluna cervical superior: composto da vértebra C1 (também chamado de atlas) e a vértebra C2 (também chamado axis). O atlas tem a forma de um anel e é desprovido do corpo vertebral; o axis tem uma protuberância (chamado processo odontoide), que é o eixo em torno do qual o atlas pode mover-se, permitindo a rotação da cabeça em ambas as direções. As duas vértebras não têm disco intervertebral entre eles.

2) Coluna cervical inferior: composto da vértebras C3, C4, C5, C6 e C7. São vértebras menores do que as torácicas e lombares.

Tórax / região dorsal

coluna torácicaA região dorsal ou torácica (à esquerda) contém as vértebras que vão de T1 a T12. As vértebras nesta parte do corpo aumentam de tamanho à medida que eles descem e são articulados com as costelas.

 Lombarcoluna lombar desenho

 A região lombar (direita) contém as vértebras variando de L1 a L5,
que tem um corpo volumoso.

A região do sacro (logo abaixo da lombar) contém as vértebras que vão de S1 a S5, que estão fundidas em conjunto para formar o sacro.

A região do cóccix (logo abaixo do sacro) contém as vértebras que vão desde a Co1 a Co4, que estão fundidas em conjunto para formar o cóccix.

Exceto o atlas e Axis, que têm formas especiais, a vértebra é normalmente constituída por um corpo cilíndrico coberto por uma placa de osso, que contém um tecido ósseo esponjoso. Todas as vértebras tem um furo (neuroforame), através da qual passa a medula espinal, a principal linha de comunicação entre o cérebro e o sistema nervoso periférico. Ramificam a partir da medula espinhal, os nervos que levam a energia da vida a todos os órgãos do corpo humano.

Disco intervertebral

vertebra e disco intervertebralEntre uma vértebra e outra (excluindo aquelas do sacro e cóccix) estão os discos intervertebrais, formações fibro-cartilaginosa compostas por um anel externo fibroso e um núcleo chamado pulposo no interior, que consiste de um gel deformável, mas resistente à compressão.

Os discos intervertebrais são essenciais para o bem-estar da coluna, como eles absorvem as pressões a que está sujeito e dar mobilidade a coluna vertebral. Infelizmente podem sofrer diferentes tipos de patologias (geralmente indicadas com o nome de discopatias), o que pode levar à dor e mobilidade reduzida.

A coluna tem funções diferentes, revelando uma parte essencial do bem-estar humano:

Suporta o nosso corpo, garantindo estabilidade e equilíbrio, e que nos permite ficar de pé (capacidade que nos distingue dos invertebrados).

Ela nos permite andar e movimentar assumindo várias posições no espaço, tais como flexão, extensão, lateralização e rotação.

Protege o sistema nervoso (medula espinhal), a qual desliza por dentro e a partir daí se espalha através dos nervos para todos os órgãos vitais.

Atua como um amortecedor / almofada, no caso de trauma.

Por estas razões, é importante cuidar da sua coluna, devido às condições em que está submetida a possíveis torções e movimentos posturais ou da coluna vertebral, mesmo na ausência de sintomas de dor. As vantagens que se obtêm em ter uma estrutura da coluna bem alinhada e com boa mobilidade são muitas e todas são capazes de influenciar na qualidade de vida.

Um sistema nervoso que funciona de forma otimizada, permitindo o livre fluxo de energia vital para todos os órgãos do corpo e permitindo alcançar um estado de bem-estar físico e mental completo, também chamado de homeostase.

A melhora de muitos dos sintomas relacionados com a alteração de postural e desalinhamento vertebral.

Menos chances de problemas relacionados aos discos intervertebrais como hérnias discais.

Prevenção / retardamento de doenças degenerativas como a osteoartrose.

O Quiropraxista, graças ao uso de ferramentas de diagnóstico, tais como exame postural, exames ortopédicos, neurológicos e raios-x , é possível avaliar a condição de coluna do paciente na frente dele e determinar o plano mais adequado de cuidado com ele, mesmo tendo em conta os sintomas de apresentação e de outros fatores , como idade, nível de atividade física e ao trauma sofrido no curso de suas vidas . Quiropraxia corretiva é capaz de restaurar as curvas da coluna através da utilização de ajustes específicos e adequados , acessórios e exercícios posturais , ampliando os resultados e se mantendo por um longo tempo.

Procure um Quiropraxista e viva bem e com plenitude…

Clínica de Quiropraxia em São Paulo

Para Agendar sua consulta ligue: 011-99466-2260

Atenciosamente;
Dr. Fabio Corsini Motta –

Fonte

Revista Super Interessante – O que é Quiropraxia – Com Quiropraxista Fabio Corsini Motta

Matéria sobe Quiropraxia na revista Super Interessante de Abril 2014

Por ser uma edição especial sobre medicina alternativa não se acha para download no site da mesma, mas escaneei e pus em nossa fanpage.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Atenciosamente;

Quiropraxista Dr. Fabio Corsini Motta

Para agendar sua consulta de Quiropraxia em São Paulo ligue: 011-99466-2260

 Clinica de Quiropraxia – Chiropractic Clinic in São Paulo

 

Feliz Páscoa sem dor e com Quiropraxia

Imagem

Feliz Páscoa sem dor e com Quiropraxia

Não deixe a dor ou incômodo atrapalhar suas festas.
Você não precisa ter sua vida limitada por conta da dor nas costas!!
A Quiropraxia te mantêm ativo e apto a realizar todas as atividades da sua vida!
Agende sua Quiropraxia com o Dr. Fabio Corsini Motta
011-99466-2260

Quiropraxia Clínica – Chiropractic Care

Tempo para Quiropraxia

Imagem

Tempo para Quiropraxia

Somos resultado de nossas escolhas. O que você prefere sentir dor ou incômodo ou se prevenir e tratar com Quiropraxia.

Não espere ter dor ou incômodo. Procure um Quiropraxista e sinta-se leve e bem. Quiropraxia te dá Qualidade de vida e bem estar…
Agende sua avaliação de Quiropraxia 011-99466-2260

Atenciosamente;
Dr. Fabio Corsini Motta
Quiropraxia Clínica – Escolha Quiropraxia e Viva bem.
https://quiropraxiaclinica.wordpress.com/

VOCÊ SABIA DISSO?

Imagem

VOCÊ SABIA DISSO?

Problemas na Coluna Vertebral atrapalham a comunicação do sistema nervoso e consequentemente o bom funcionamento de seu corpo.
A Quiropraxia devolve esse bom funcionamento de forma rápida e natural.
Para Agendar sua consulta de Quiropraxia ligue: 011-99466-2260
Atenciosamente;
Dr. Fabio Corsini Motta –
fabio.ipq@gmail.com
Quiropraxia Clínica – Escolha Quiropraxia e Viva bem.

Tratamento de Quiropraxia eficaz para dor no pescoço em Idosos, a cervicalgia.

ajuste articular para dor no pescoço.Um estudo recente mostra que além de ser seguro o ajuste no pescoço de idosos, eles são extremamente eficazes para a dor no pescoço, quando combinado com exercícios. Embora estudos anteriores têm demonstrado os benefícios da Quiropraxia para dor no pescoço, não houve ensaios clínicos randomizados sobre o tratamento especificamente para os idosos.

estudo, publicado em The Spine Journal, incluiu 241 pacientes com idade acima de 65 anos que sofriam de cervicalgia ou dor no pescoço persistente. Os pacientes foram aleatoriamente designados para um dos três grupos de tratamento: terapia de manipulação da coluna vertebral efetuado por um quiropraxista, além de exercícios em casa (SMT + HE); exercício supervisionado além de exercícios em casa (SRE HE +); ou exercício em casa sozinha (HE).

Após 12 semanas de tratamento, 60% dos pacientes tinham se tratado com quiropraxia tiveram uma melhora de 75% na dor, em comparação com aproximadamente 25% dos pacientes no grupo do SRE + HE, e cerca de 20% do HE. Estas diferenças significativas foram menos pronunciadas em um ano de acompanhamento, no entanto.

Ainda assim, os pesquisadores apontaram que qualquer diminuição da dor superior a 50% é considerada uma alteração clinicamente significativa e substancial para a dor no pescoço. Além disso, os pacientes de quiropraxia tiveram maiores reduções na utilização de medicação. Eles escreveram que a “falta de eventos adversos graves, tolerabilidade e alta aderência ao tratamento sugere a combinação de ajuste articular com exercícios em casa é um tratamento eficaz em idosos com Cervicalgia Crônica (dor no pescoço)”.

O tratamento de quiropraxia incluía uma técnica diversificada, mobilização, para um máximo de 20 sessões. A força e o tipo de Ajuste / Manipulação articular foi individualizado e terapia coadjuvante incluía calor e terapia do gelo, massagem e alongamento assistido. Exercício supervisionado consistiu de 20 sessões de uma hora monitoradas por um terapeuta.

A dor no pescoço afeta cerca de 20% dos adultos com mais de 70 anos de idade. Infelizmente, muitos pacientes idosos sofrem de patologias subjacentes, e devido à possibilidade de interferência de outros medicamentos, não podem usar analgésicos. Outros podem querer usar tratamentos naturais e livres de drogas. Isso faz com que os tratamentos conservadores, como a quiropraxia se tornem ainda mais importante para o tratamento de dor no pescoço em idosos.

Devemos lembrar que levou tempo para o corpo atingir certo grau de degeneração, então é normal e compreensivo esperar um determinado tempo para sua recuperação.

Removendo-se a subluxação articular e devolvendo o bom funcionamento e uma congruência ideal para articulação, há um alívio dos sintomas e remissão da dor.

Procure um Quiropraxista e viva bem e com plenitude…

Clínica de Quiropraxia em São Paulo

Para Agendar sua consulta ligue: 011-99466-2260

Atenciosamente;
Dr. Fabio Corsini Motta –
fabio.ipq@gmail.com
Quiropraxia Clínica – Escolha Quiropraxia e Viva bem.

 

Referências

Maiers M, et al. Terapia manipulativa espinhal e exercícios para idosos com dor cervical crônica. The Spine Journal 2013; doi10.1016/j.spinee.2013.10.035.

Fonte: Foster Family Chiropractic

Áreas da Coluna Vertebral e sua relação com o corpo.

Imagem

Áreas da Coluna Vertebral e sua relação com o corpo.

Veja a relação da sua #coluna #vertebral e as áreas inervadas que podem sofrer alteração devido ao pinçamento do nervo.
Você já checou sua #ColunaVertebral ?
Quiropraxia o melhor remédio para dor no corpo.
Agende sua consulta de Quiropraxia com Dr. Fabio – 011-99466-2260

Como você quer envelhecer?

Para alguns autores começamos a envelhecer após a concepção, para outros após o nascimento. Mas, independente do momento exato deste processo, a verdade é que todos querem envelhecer, e a grande maioria quando pensa no seu envelhecimento, se imagina com seus 70, 80 anos. A pergunta respondida pelo Geriatra Newton Terra na primeira aula de uma disciplina do mestrado em Gerontologia foi: Como eu quero envelhecer? Achei a palestra sensacional, porque se queremos chegar aos 80 anos de vida bem, temos que começar a nos mexer o quanto antes! Seguem abaixo algumas das dicas abordadas, que achei importante compartilhar com todos que estão envelhecendo, assim como eu!

Imagem

Obesidade

1. Mantenha o IMC normal e a circunferência abdominal ≤ 90cm (homens) ≤ 80 (mulheres): isso evita doenças cardíacas, acidentes vasculares encefálicos (AVC), problemas de articulações de sustentação como joelho e tornozelo e diversos tipos de cânceres.

Obesidade

Obesidade

2. Mantenha a altura dos 20 anos: A partir dos 40 anos a cada 10 anos é esperado que percamos 1,2cm de altura devido a perda óssea e desnutrição discal. Podemos ajudar para que esse declínio seja o menor possível fazendo exercícios físicos regulares. E, segundo minha visão de quiropraxista, cuide da sua postura SEMPRE e visite seu quiropraxista regularmente para fazer a manutenção da sua coluna. Tem muitas pessoa novas que pela má postura estão acelerando esse processo.

Pratique atividades físicas.

Pratique atividades físicas.

3. Pratique exercícios físicos regulares: depois dos 40 anos inicia-se o processo de diminuição da massa óssea e muscular. Comece desde já sua atividade física e um reforço muscular. Isso vai fazer você envelhecer com menos patologias musculoesqueléticas.

4. Não fume: fumantes têm mais chances de desenvolverem câncer de pulmão, boca e laringe, enfisema, AVC entre outras.

Evite quedas.

Evite quedas.

5. Evite quedas ou acidentes: as quedas em idosos são altamente incapacitantes e podem levar ao óbito. É importante que a casa seja adaptada para eles, garantindo a sua segurança. Caso exista algum idoso, ou pessoa com dificuldade de locomoção na sua casa, tire imediatamente os tapetes. Além disso, a escolha dos sapatos dos idosos é fundamental para evitar as quedas. Construindo a sua casa? Pense no que será importante quando for idoso.

6. Evite medicamentos em excesso: os medicamentos vitais devem ser tomados, mas muitos deles podem ser substituídos por outros hábitos de vida ou tratamento com outros profissionais da saúde como psicólogos, nutricionistas, fisioterapeutas, educadores físicos, quiropraxistas, entre outros.

7. Sem depressão: a depressão está crescendo a ponto de ficar entre as doenças mais frequentes. Procure manter o pensamento positivo, ocupe-se com diversas atividades, seja um trabalho remunerado ou voluntário, um hobby, um exercício físico, conviva com pessoas e visite seus amigos, ocupe a mente! Procure eu psicólogo e em últimos casos recorra à medicação.

8. Tenha uma espiritualidade/religiosidade: estudos mostram que pessoas espiritualizadas reagem melhor a doenças.

9.  Envelheça com lucidez: leia, estude, veja documentários, aprenda alguma atividade diferente da sua rotina, desafia-se, você pode!

Mantenha o amor vivo.

Mantenha o amor vivo.

10. Mantenha sua vida sexual ativa: idosos, ao contrário do que muitos pensam, não são assexuados. A sexualidade pode ser manifestada através de um beijo, um carinho, o ato sexual ou então da vaidade da pessoa. Respeite a sexualidade do idoso!

11. Sem incontinência urinária: existem várias maneiras de evitar ou atenuar a incontinência. Entre elas a fisioterapia.

Trabalhe com o que goste.

Trabalhe com o que goste.

12. Trabalhando: manter uma atividade laboral é muito importante! O idoso precisa se sentir útil e importante, e sim ele é.

13. Envelhecer com familiares e amigos: a presença da família é muito importante, então não se torne “ranzinza” e se adapte as mudanças sociais que sempre irão existir.

E a última pergunta foi:

Mantenha um círculo de amizades.

Mantenha um círculo de amizades.

Como você gostaria de morrer?  Em casa, com a família, olhando os filhos encaminhados, sentindo que fez a sua parte, sentindo-se respeitado e admirado, com autonomia e principalmente COM AMIGOS.

Viva com SAÚDE independentemente da Idade..

Devemos lembrar que levou tempo para o corpo atingir certo grau de degeneração, então é normal e compreensivo esperar um determinado tempo para sua recuperação.

Removendo-se a subluxação articular e devolvendo o bom funcionamento e uma congruência ideal para articulação, há um alívio dos sintomas e remissão da dor.

Procure um Quiropraxista e viva bem e com plenitude…

Clínica de Quiropraxia em São Paulo

Para Agendar sua consulta ligue: 011-99466-2260

Atenciosamente;
Dr. Fabio Corsini Motta –
fabio.ipq@gmail.com
Quiropraxia Clínica – Escolha Quiropraxia e Viva bem.

Fonte: Storchi

Quiropraxia Ajuda Dor Menstrual / Cólica Menstrual

Quiropraxia Ajuda Dor Menstrual / Cólica Menstrual

Quiropraxia Ajuda Dor Menstrual / Cólica Menstrual

Em Março de 2008, o periódico científico, o “Journal of Manipulative and Physiological Therapeutics (JMPT)” realizou um estudo analisando o efeito de técnicas da quiropraxia específicas sobre mulheres que sofreram com dores menstruais mensais de “dismenorréia”.

O estudo foi conduzido em 13 mulheres com idade média de 26 anos, sendo a mais jovem com 20 anos e a mais velha 45 anos. As mulheres incluídas no estudo relataram que tinham sintomas de dismenorréia primária durante todos os seus ciclos menstruais durante o ano anterior. Todas as mulheres sofriam de dor lombar, dor abdominal inferior, dor abdominal em cada ciclo menstrual.

O período de tempo do estudo abrangeu dois ciclos menstruais para as mulheres, para que os efeitos dos cuidados pudessem ser avaliados por dois ciclos consecutivos. Antes de começar, todas as mulheres foram convidadas a avaliar suas dores, de modo que poderia ser estabelecida uma linha de base. Todas as participantes foram convidadas a avaliar inicialmente a sua dor entre 0 e 10, com zero sendo nenhuma dor e ser dez a “pior dor que se possa imaginar.”

Os resultados deste estudo mostraram uma melhora considerável para a maioria de todas as mulheres em cada um dos seus dois ciclos subsequentes após a quiropraxia. Os resultados para as mulheres mostraram que a sua dor abdominal inferior diminuiu de uma classificação média de 8.3 antes do tratamento de Quiropraxia para Cólica Menstrual, até uma classificação de 5.0 e 3.6 para os dois ciclos subseqüentes. Da mesma forma, a sua dor abdominal geral caiu de uma média de 7.0 antes do tratamento de Quiropraxia de 3,2 e 2,1, e sua dor lombar diminuiu de uma média de 6,0 até 3,2 e 2,7 para os ciclos subseqüentes.

Além dos sintomas primários, as mulheres no estudo também observaram melhorias nos sintomas secundários que incluíam dores de cabeça, fadiga, diarréia e constipação.

Os pesquisadores concluíram que a dor menstrual ou cólica menstrual associada com a dismenorréia primária pode ser aliviada com o tratamento quiroprático específico prestado neste estudo.

Cuidados quiropráticos levam algum tempo para corrigir a coluna, dependendo do estágio da alteração da pessoa e sua adesão ao tratamento e orientações.

Devemos lembrar que levou tempo para o corpo atingir certo grau de degeneração, então é normal e compreensivo esperar um determinado tempo para sua recuperação.

Removendo-se a subluxação articular e devolvendo o bom funcionamento e uma congruência ideal para articulação, há um alívio dos sintomas e remissão da dor.

Procure um Quiropraxista e viva bem e com plenitude…

Clínica de Quiropraxia em São Paulo

Para Agendar sua consulta ligue: 011-99466-2260

Atenciosamente;
Dr. Fabio Corsini Motta –
fabio.ipq@gmail.com
Quiropraxia Clínica – Escolha Quiropraxia e Viva bem.

Fonte: Dr. Mark Fuerst

Desalinhamento da Coluna Vertebral ou subluxações – Subluxação vertebral

Desalinhamento da Coluna Vertebral ou subluxações – Subluxação vertebral

Desalinhamento da Coluna Vertebral ou subluxações - Subluxação vertebralA princípio o nome subluxação parece estranho e difícil de pronunciar. Uma subluxação nada mais é do que o desalinhamento de uma vértebra, ou articulação do nosso corpo. Uma subluxação acontece quando, por exemplo, uma vértebra sai de seu alinhamento normal em relação à vértebra inferior e superior, interferindo na transferência de informação entre o cérebro e o resto do corpo.

Pela coluna vertebral passa a medula espinal e o nosso sistema nervoso periférico (nervos), que mandam as informações do cérebro para as outras partes do corpo.

Uma subluxação pode causar diferentes prejuízos no corpo humano, dependendo da região onde está localizada, de quanto tempo ela está ali e do estado em que a coluna vertebral se encontra. Quanto mais longo o período de tempo entre a lesão e o início do tratamento quiroprático, mais difícil e mais tempo levará para a correção…

Ter subluxações é muito comum, já que todos os dias fazemos dezenas de atividades que acabam afetando ou desalinhando nossa coluna. Desde um trauma em casa ou no trabalho, uso inadequado de um travesseiro ou colchão, ou até mesmo uma posição de trabalho não ergonômica, causam várias subluxações.

A subluxação pode causar muito mais do que dores, aliás, elas nem sempre causam dor, porém o que ela sempre causa é a interferência na comunicação do Sistema Nervoso. Uma vértebra desalinhada não tem o movimento normal, ela causa a restrição do movimento naquela região impedindo a lubrificação que a articulação necessita para que não desgaste.

Não é possível dizer se uma pessoa está ou não com subluxações, apenas verificando seus sintomas, existem pessoas que não sentem a dor ou outros sintomas tão rápido, mas que podem estar com subluxação. A subluxação pode ser avaliada por um Quiropraxista através da palpação da coluna vertebral ou articulação e da análise de radiografias deste paciente.

A subluxação não é uma patologia e por isto o laudo médico pode não acusar algo de errado com o paciente. Por isso é muito importante procurar um profissional Quiropraxista, fazer uma avaliação e tratar a saúde antes que ela vire doença.

Cuidados quiropráticos levam algum tempo para corrigir a coluna, dependendo do estágio da alteração da pessoa e sua adesão ao tratamento e orientações.

Devemos lembrar que levou tempo para o corpo atingir certo grau de degeneração, então é normal e compreensivo esperar um determinado tempo para sua recuperação.

Removendo-se a subluxação articular e devolvendo o bom funcionamento e uma congruência ideal para articulação, há um alívio dos sintomas e remissão da dor.

Procure um Quiropraxista e viva bem e com plenitude…

Clínica de Quiropraxia em São Paulo

Para Agendar sua consulta ligue: 011-99466-2260

Atenciosamente;
Dr. Fabio Corsini Motta
fabio.ipq@gmail.com
Quiropraxia Clínica – Escolha Quiropraxia e Viva bem.

Fonte: Letícia Biesek